Você já cometeu uma pequena falha que resultou em uma grande dificuldade, ou em um grande prejuízo? Ou quem sabe tomou uma decisão que se arrependeu depois? Ah! Em pelos menos em alguns momentos, eu mudaria minhas decisões se pudesse voltar atrás, lógico que com os conhecimentos que tenho hoje!

Jon Bowers em seu TED – “We should aim for perfection — and stop fearing failure”. (“Devemos apontar para a perfeição – e parar de ter medo do fracasso”), mostra como pequenas falhas podem levar a grandes prejuízos e ainda causar muitas mortes, como no caso de um funcionário do New England Compound, um fabricante farmacêutico, que não limpou um laboratório adequadamente e 76 pessoas morreram e mais 700 contraíram meningite.

“Errar é Humano”.

Sempre aceitamos que “errar é humano”!

Assim, quando um erro leva a morte de dezenas de pessoas, entendemos a necessidade de buscar a perfeição, o tempo todo.

Jon Bowers diz que é comum aceitar 99% de acerto, mas

A realidade é que o governo dos EUA atingiu uma aeronave de 1,4 bilhões de dólares, porque alguém esqueceu de verificar um sensor.

A realidade é que 16 pessoas morreram, 180 foram feridas e 34 milhões de carros foram avisados, porque os produtores de um airbag do carro produziram e distribuíram um produto que eles achavam que era bom o suficiente.

A realidade é que os erros médicos são a terceira causa de morte na América. 250.000 pessoas morrem todos os anos. …

Então, trata-se disso: tentar o nosso melhor não é suficientemente bom. Então, como mudamos? Buscamos a perfeição e não nos contentamos com nada menos.”

“Buscar a Perfeição ameaça a Auto Estima e leva ao Fracasso”.

Entretanto buscar a perfeição pode ameaçar a sua auto estima e  o tornar um fracassado.

Jon continua, “A falha é um passo natural para a perfeição, mas, em algum momento, porque nos aterrorizamos com essa idéia de fracasso e com tanto medo dessa idéia de perfeição, nós a descartamos …  

O estresse é ruim para nós, não é? Bem, talvez, mas dizer que procurar a perfeição é muito estressante é dizer que o exercício é muito cansativo. Em ambos os casos, se você quer os resultados, você deve suportar a dor. ….   

O perfeccionista que há em todos nós deve se perguntar, o que eu tenho que fazer para melhorar? Como elevar-me acima da multidão? … Falha e perda são necessárias para o sucesso. É a aceitação do fracasso que não é.  Michelangelo: “o maior perigo para a maioria de nós não é que nosso objetivo seja muito alto e nós não o alcançamos, mas é muito baixo e nós alcançamos”. …

Buscar a Perfeição como uma vontade de fazer o que é difícil para alcançar o que é certo.

Então, diz Jon Bowers: eu tenho uma idéia. Em vez de definir o perfeccionismo como uma intolerância destrutiva para o fracasso, por que não tentamos dar uma nova definição? Por que não tentamos definir o perfeccionismo como uma vontade de fazer o que é difícil para alcançar o que é certo?

Então podemos concordar que o fracasso é uma coisa boa em nossa busca da perfeição, e quando buscamos a perfeição sem medo do fracasso, basta pensar no que podemos realizar. …

Talvez como os pesquisadores do Children’s Mercy Hospital em Kansas City, Missouri, que desenvolveram um dispositivo que pode completar a codificação do genoma humano em apenas 26 horas. Portanto, este dispositivo é capaz de diagnosticar doenças genéticas em bebês e recém nascidos mais cedo, dando aos médicos a oportunidade de iniciar os tratamentos mais cedo e potencialmente salvar a vida do bebê.

Isso  é o que acontece quando buscamos a perfeição. …

Então, poderíamos parar de ter medo do fracasso e parar de viver em um mundo cheio das consequências do “bom o suficiente.”

Enquanto nossa cultura diz: “Errar é Humano”; Jesus disse: “Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai Celeste.” (Mt 5.48)

Perfeição significa excelência no mais alto grau, completo, inteiro, sem faltar nada, 100% e não 99%!

Neste ano que se finda, quantos novos e surpreendentes  relacionamentos! Como sua vida foi impactada e como você impactou!

Quantas lutas para alcançar suas metas, seus sonhos! Alguns foram alcançadas e outros não.

Momento Coaching

Ao fazer sua retrospectiva de final de ano:

Quanto de excelência você alcançou em seus relacionamentos, atitudes, tarefas?

Qual foi a sua atitude: Buscar realizar o seu melhor ou conformar-se com ser menos para não se frustrar ou se estressar?

Que tal para o próximo ano, ter como meta a busca pela perfeição? Fazer e Ser o seu melhor nas suas responsabilidades, como também nos seus relacionamentos!

Rumo à Perfeição!

Club Mindset do Relacionamento – um espaço para a construção de Mindset, Auto Estima e Relacionamento.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *